Fiat prepara o X1H, o X6H e o X6S. Conheça-os melhor aqui

A Fiat está trabalhando duro em três projetos no Brasil que pode chegar a outros mercados. Eles são o X1H, o X6H e o X6S. Você provavelmente não ouviu falar deles até agora, especialmente porque estes são os códigos de desenvolvimento dos modelos, então vamos apresentá-los para você.

X1H

projecao_fiat_x1h_2017

O X1H será um novo hatchback do segmento A, com uma pequena distância entre eixos (abaixo dos 2,38 m), para não competir com seu irmão mais velho, o Uno, construído sobre a mesma plataforma (a 327). Estas imagens foram produzidas por nossos amigos do Autos Segredos, um site que conta entre seus feitos revelar o nome da nova picape da Fiat, a Toro, bem à frente de todos.

Renault-Kwid

O carro vai competir com a Volkswagen up! no Brasil, já um concorrente mais espaçoso, com uma distância entre-eixos de 2,42 m, a mesma medida encontrada no modelo da Renault para o segmento, o Kwid. Esperado para 2016, o Kwid já é um sucesso enorme na Índia devido não só ao seu estilo, mas também a seus novos motores modernos. Algo que o X1H não terá.

Ele terá como única opção de motor um velho 1.0 de quatro cilindros Fire, já utilizado por Uno e Palio. O novo 1.0 GSE (Global Small Engine) será um três cilindros, como são os mais modernos motores 1.0 do mercado, e só estará pronto para 2017. O novo Fiat vai depender fortemente de preço e de aparência para ter sucesso.

O outro candidato virá da GM. A empresa está trabalhando em um novo carro que atualmente é chamado Ambar, de acordo com a Automotive Business, anteriormente conhecido como Jade. O novo carro recentemente teve seu desenvolvimento interrompido, devido à crise econômica brasileira, mas provavelmente voltará aos trilhos devido ao bom momento da GM no Brasil, paradoxalmente. O novo hatchback será construído sobre a mesma plataforma GSV que está sob o Onix, Cobalt e Spin. Ele está sendo desenvolvido no Brasil, mas muito provavelmente será vendido em outros mercados, como a Índia.

O X1H vai ser quadradão, como o Uno, mas apresentará uma porta de vidro traseira, como o VW up! na Europa. Espera-se que custe mais de R$ 30.000, ou US$ 8.000. Como ele está sendo projetado para ser o modelo mais barato na gama da Fiat, o valor pode causar alguma confusão, mas é fácil de explicar. Todos os novos modelos são apresentados primeiro em suas versões mais sofisticadas. São as que vendem melhor para os chamados “trend setters”, aqueles que adoram uma novidade e pagam qualquer coisa para tê-las. Nessa fase, o X1H irá partilhar o espaço com Palio Fire, um modelo de 1996 que já pagou todos os seus custos de desenvolvimento e que, portanto, pode ser vendido a preços mais baixos. Mas não se enganem: o X1H vai se aposentar o velho. Mas não agora.

X6H e X6S

X6H-Alexsandro-Pimenta-Carplace

O X6H e o X6S são as versões hatchback (H) e sedã (S) do mesmo carro, substituto de Punto e Linea, bem como de alguns outros modelos, como o Grand Siena, vendido no Brasil e na Argentina, países onde é produzido, e no México, como Dodge Vision. O carro acima foi fotografado por Alexsandro Pimenta, um leitor do Carplace.

A mula do novo carro usa uma carroceria de Fiat Palio, mas a dianteira do Grand Siena. A roda traseira fica bem perto do final da caixa de roda, o que mostra que ele tem uma maior distância entre-eixos, que empurra o eixo traseiro para trás. Os novos carros devem ter um 2,55 m ou até 2,60 m de entre-eixos, a fim de substituir o Linea e Punto da maneira correta, com carros mais espaçosos.

A versão mais barata terá um novo motor de quatro cilindros 1.4, também da família GSE. Produzirá cerca de 74 kW e terá comando de válvulas por corrente em vez de correia de correia, para dar mais robustez ao conjunto. Embora o Carplace diga que o carro pode vir com motores E.torQ 1.6 e 1.8 revistos, apostamos no 2.0 GME (Global Medium Engine). A menos que a Fiat esteja considerando a possibilidade de vender um verdadeiro sedã de segmento C, que mereceria tal motor, no lugar do Linea, um sedã de segmento B que a montadora italiana tentou vender como um concorrente do Honda Civic. No final, a marca só conseguiu ter um adversário caro do Ford Fiesta Sedan.

Se você estiver se questionando, o X6S não tem nada a ver com o Tipo novo. Ele será produzido na Argentina. A Fiat anunciou que vai investir US$ 650 milhões em sua fábrica de Córdoba para produzir o novo sedã. Ambos os carros são esperados para 2017.

Fonte: Autos Segredos, negócios automotivos e Carplace

Gustavo Henrique Ruffo

I have been an automotive journalist since 1998 and have worked for many important Brazilian newspapers and magazines, such as the local edition of Car and Driver and Quatro Rodas, Brazilian's biggest car magazine. I have also worked for foreign websites, such as World Car Fans and won a few journalism prizes, among them three SAE Journalism Awards and the 2017 IAM RoadSmart Safety Award. I am the author of "The Traffic Cholesterol", a book about bad drivers that you can buy at Hotmart, Google Play, Amazon and Kobo.