Hennessey quebra o recorde mundial de velocidade para conversíveis com o Venom GT Spyder: 427,4 km/h!

A Bugatti poderá ter introduzido o que ela chama de o veículo mais impressionante já construído, o Chiron, mas o novo carro ainda tem que provar que é capaz de chegar aos 500 km/h que seu velocímetro mostra. Ou algo perto disso. Enquanto a montadora francesa não crava o novo recorde mundial de velocidade, o Hennessey Venom GT permanecerá como o carro de produção mais rápido do mundo depois de ter atingido 435,31 km/h em 2014, mesmo sem o reconhecimento do Guinness Book. Mas a Hennessey quer reforçar essa supremacia e estabeleceu um novo recorde mundial hoje, agora com a versão conversível do Venom GT, chamada Venom GT Spyder. Na Naval Air Station Lemoore, nos EUA, chegou a uma velocidade máxima de 427,4 km/h. Sem a capota! Você pode ver o recorde no vídeo abaixo.

Se você assistiu ao filme com o devido respeito, viu que a Hennessey não só quebrou um recorde mundial, mas também antecipou outro. Segundo a empresa, nós em breve poderemos ver o Venom F5, sucessor de Venom GT, prometido em 2014 para o ano passado, com vendas no final deste ano. O novo carro deve ser ainda mais rápido que o Venom GT e ter uma carroceria de mais personalidade. A atual é derivada da de um Lotus Exige, assim como o chassis.

Hennessey-veneno-f5-1

Hennessey-veneno-f5-3 Hennessey-veneno-f5-2

Voltando para o Venom GT Spyder, ele tem 4,66 m de comprimento, 1,96 m de largura, 1,14 m de altura e uma distância entre eixos de 2,80 m. Ele pesa 1.244 kg e era alimentado por um motor V8 LS7 biturbo 7.0 que gera 928 kW (1.262 cv) a 6.600 rpm e 1.566 Nm a 4.400 rpm. No caso do proprietário não querer domar toda essa potência o tempo todo, ele pode selecionar 3 outras: 597 kW (812 cv), 746 kW (1.014 cv) ou 895 kW (1.217 cv).

Hennessey-veneno-GT-Spyder-2

Hennessey-veneno-GT-Spyder-3 Hennessey-veneno-GT-Spyder-4 Hennessey-veneno-GT-Spyder-11 Hennessey-veneno-GT-Spyder-8

A questão é que o motor já foi atualizado, possivelmente para ser usado pelo Venom F5. Ele agora oferece 1.082 kW (1.471 cv) a 7.200 rpm e 1.745 Nm a 4.200 rpm. Surpreendente sob qualquer perspectiva. Vale notar que o LS7 também é a base para o novo Mazzanti Evantra EV-R. Será que ele terá tanta força quanto o Venom GT? Muito em breve teremos uma resposta para isso. Seria bom se a Hennessey mostrasse o Venom F5 antes do novo supercarro italiano, previsto para junho.

Hennessey-veneno-GT-Spyder-10

Hennessey-veneno-GT-Spyder-7 Hennessey-veneno-GT-Spyder-6 Hennessey-veneno-GT-Spyder-5 Hennessey-veneno-GT-Spyder-14

Nós não poderíamos terminar este texto sem falar da foto do triunfo, tirada pela equipe Hennessey ao lado da máquina recordista mundial. A faixa “Come and Take It” (vem pegar, em tradução livre) tem endereço. Vamos ver se a Bugatti recebe a mensagem. E se ela decide reagir adequadamente. Sem limitador de velocidade, de preferência.

Gustavo Henrique Ruffo

I have been an automotive journalist since 1998 and have worked for many important Brazilian newspapers and magazines, such as the local edition of Car and Driver and Quatro Rodas, Brazilian's biggest car magazine. I have also worked for foreign websites, such as World Car Fans and won a few journalism prizes, among them three SAE Journalism Awards and the 2017 IAM RoadSmart Safety Award. I am the author of "The Traffic Cholesterol", a book about bad drivers that you can buy at Hotmart, Google Play, Amazon and Kobo.