Julia, um roadster de madeira feito na Romênia pelo artesão húngaro Peter Szabó

Peter Szabó é um artesão de madeira húngaro. Mais do que simplesmente um carpinteiro, como você vão concordar com a gente depois de ver sua obra-prima, um roadster de madeira que parece ótimo e que, de acordo com Szabó, também anda muito bem. Este não é o primeiro carro de madeira a aparecer aqui no MotorChase. Também apresentamos a você o Splinter e uma entrevista exclusiva com o seu criador, Joe Harmon, mas seus objetivos eram diferentes. Harmon queria mostrar a madeira como um material viável para uso automotivo. Szabó só queria criar algo incrível. O carro dele se chama Julia, em homenagem à esposa, e é feito basicamente de madeira (toda a carroceria e peças de acabamento), couro (bancos) e aço (chassi e outras estruturas).

Julia-de madeira-Roadster-29

Julia-de madeira-Roadster-31 Julia-de madeira-Roadster-30

Szabó começou a pensar sobre como seria construir um carro de madeira em 2008, quando ele projetou e criou uma carruagem de madeira em apenas 8 meses. Depois disso, ele concebeu o carro e esculpiu uma miniatura. Seu amigo Ferenczi Csaba Zsolt, um engenheiro e também um fotógrafo talentoso, tirou fotos do modelo e criou desenhos 3D dele. Zsolt também é o autor de muitas das fotos do carro acabado e durante o processo de construção que ilustram este artigo.

Julia-de madeira-Roadster-25

Julia-de madeira-Roadster-32 Julia-de madeira-Roadster-26 Julia-de madeira-Roadster-27 Julia-de madeira-Roadster-28

Com os desenhos 3D prontos, Szabó os imprimiu em tamanho 1:1.

Julia-de madeira-Roadster-18

Julia-de madeira-Roadster-21 Julia-de madeira-Roadster-17 Julia-de madeira-Roadster-12 Julia-de madeira-Roadster-20

O projeto resultou em um roadster com 4,60 m de comprimento. Ele tem 1,90 m de largura, 1,60 m de altura, devido ao vão livre (25 cm), e tem uma distância entre eixos de 3,12 m. “O trabalho levou 3 anos e meio e me custou € 18.000, sem contar o meu trabalho, de cerca de 4.800 horas. O carro pesa 1.400 kg e tem um porta-malas de 40 l, com uma bitola frontal de 1,80 m e uma traseira de 1,90 m,”Szabó disse ao MotorChase. Mas ele só começou a trabalhar na carroceria depois que o chassi foi concluído. E ele levou um ano para resolver os problemas técnicos que foram surgindo. Segundo Szabó, Matyus Csaba foi o técnico que tornou tudo possível. Ele conseguiu juntar as partes de um velho Ford Taunus que Szabó comprou um pouco antes, incluindo seu V6 2.3 e e sua transmissão automática. Este motor produz 79 kW (108 cv) a 5.000 rpm e 176 Nm a 3.000 rpm e a transmissão automática era uma caixa de 3 marchas.

Julia-de madeira-Roadster-22

Julia-de madeira-Roadster-15 Julia-de madeira-Roadster-16 Julia-de madeira-Roadster-14 Julia-de madeira-Roadster-10

Não foi fácil fazer ambos os lados do carro exatamente do mesmo modo. Para conseguir, Szabó usou um telêmetro bidimensional. As peças de madeira foram coladas com cola de poliuretano D4 da Kleiberi. Até o volante é feito de madeira de freixo.

Julia-de madeira-Roadster-11

Julia-de madeira-Roadster-13 Julia-de madeira-Roadster-19

Quando as peças foram concluídas, foram ajustados por Szabó e depois polidos, envernizados com verniz marítimo e esmaltados.

Julia-de madeira-Roadster-15

Julia-de madeira-Roadster-14 Julia-de madeira-Roadster-16

A atenção aos detalhes no Julia são impressionantes. Veja os comandos de ajuste do assento abaixo.

Julia-de madeira-Roadster-8

Julia-de madeira-Roadster-5 Julia-de madeira-Roadster-9 Julia-de madeira-Roadster-7 Julia-de madeira-Roadster-24

E este é o carro terminado. Ele foi apresentada no último Salão de Frankfurt.

Julia-de madeira-Roadster-23

Julia-de madeira-Roadster-4 Julia-de madeira-Roadster-6 Julia-de madeira-Roadster-3 Julia-de madeira-Roadster-2

Os caras da Barcroft Cars gravaram o vídeo abaixo com Szabó (em inglês). Vale a pena assistir.

Szabó não pensa em manter o carro, uma das razões pelas quais que ele não o licenciou até agora. “Primeiro quero ver quanto eu consigo pelo carro até 16 de abril”, disse ele ao MotorChase. Ele não nos informou onde o carro foi colocado à venda, mas vamos atualizar o artigo assim que ele nos disser. Será sua chance de ter um roadster de madeira e rodar com ele por aí. Pelo menos é isso que Szabó está fazendo depois de 4.800 horas de trabalho. Existe uma maneira melhor de desfrutar de seu próprio trabalho?

Gustavo Henrique Ruffo

I have been an automotive journalist since 1998 and have worked for many important Brazilian newspapers and magazines, such as the local edition of Car and Driver and Quatro Rodas, Brazilian's biggest car magazine. I have also worked for foreign websites, such as World Car Fans and won a few journalism prizes, among them three SAE Journalism Awards and the 2017 IAM RoadSmart Safety Award. I am the author of "The Traffic Cholesterol", a book about bad drivers that you can buy at Hotmart, Google Play, Amazon and Kobo.