Marchionne confirma a LaFerrari Spider

Em entrevista à revista Automobile, Sergio Marchionne, que agora também é CEO da Ferrari, confirmou que o LaFerrari terá uma versão Spider. Suas palavras para a revista foram precisamente estes: “E a propósito, o único futuro produto ligado ao LaFerrari é o Spider. Que não é segredo, uma vez que os potenciais clientes já foram abordados”.

O MotorChase trouxe esta história quase um mês atrás, mostrando a caixa da apresentação que a Ferrari provavelmente enviou a seus clientes-alvo. O LaFerrari teve uma produção de apenas 499 unidades. Tinha 4,70 m de comprimento, 1,99 m de largura, 1,12 m e uma distância entre eixos de 2,65 m. Seu peso em ordem de marcha era de 1.585 kg. Ele era impulsionado por um motor V12 6.3 que entregava 588 kW (800 cv) a 9.000 rpm e 700 Nm a 6.750 rpm. E que era auxiliado por um sistema HY-KERS que aumentava a potência total para 708 kW (963 cv) e 900 Nm.

O LaFerrari era capaz de acelerar de 0 aos 100 km/h em 2,7 s, a 200 km/h em menos de 7 s e a 300 km/h em 15 s, com uma velocidade máxima de mais de 365 km/h. Ele é considerado o Ferrari mais rápido já construído. Agora só temos que aguardar as informações oficiais sobre o Ferrari sem capota mais rápido já construído!

Gustavo Henrique Ruffo

I have been an automotive journalist since 1998 and have worked for many important Brazilian newspapers and magazines, such as the local edition of Car and Driver and Quatro Rodas, Brazilian's biggest car magazine. I have also worked for foreign websites, such as World Car Fans and won a few journalism prizes, among them three SAE Journalism Awards and the 2017 IAM RoadSmart Safety Award. I am the author of "The Traffic Cholesterol", a book about bad drivers that you can buy at Hotmart, Google Play, Amazon and Kobo.