Lamborghini Centenario sai da fábrica para dar uma volta. E ela é gloriosa!

Quando o Lamborghini Centenario foi apresentado, no Salão de Genebra deste ano, apontamos o fato de ele não ser tão superior a um Aventador. O ponto em comprar uma das 40 unidades que o carro terá (20 cupês e 20 conversíveis) é apenas exclusividade. Ou o privilégio de ser um dos poucos capazes de ter um carro assim. E, quando se trata de privilégios, eles também envolvem investimento. Um Centenario vai custar muito mais como um carro usado do que custa novo. O que já não é nenhuma barganha: € 1,75 milhões. Isso explica por que ver um deles nas ruas pode ser um grande evento. E foi, como a filmagem do canal The Stradman comprova.

A melhor parte de um vídeo é ser capaz de ver o carro em seu ambiente natural, efetivamente funcionando. E espiar suas setas e luzes, ouvir o V12… Em outras palavras, ficar diante do negócio verdadeiro. Uma dessas oportunidades muito raras. Você talvez esbarre em um se morar em Mônaco. E de vez em quando. Talvez nunca.

Pior que o Aventador. Mas muito mais exclusivo

Sua velocidade máxima é de 350 km/h (o Aventador supostamente poderia ir além disso). Os tempos de aceleração partindo de 0 são os mesmas até 200 km/h: 2,8 s até 100 km/h e 8,6 s até 200 km/h. Enquanto o Aventador leva 24 s para ir de 0 a 300 km/h, o Centenario é apenas meio segundo mais rápido, com 23,5 s.

Lamborghini-Centenario-o-stradman-3

Lamborghini-Centenario-a-stradman-2 Lamborghini-Centenario-o-stradman-4

O Centenario tem 4,92 m de comprimento, 2,06 m de largura, 1,14 m de altura e um entre-eixos de 2,70 m. Ele tem um peso seco de 1.520 kg e é impulsionado por um motor V12 6.5 que produz 566 kW (770 cv) a 8.500 rpm e 690 Nm a 5.500 rpm. Basicamente o mesmo utilizado pelo Aventador, o carro sobre o qual o Centenario foi desenvolvido. A única diferença é o limite de rotações do motor. No Aventador LP 700-4, a potência máxima aparece a 8.250 rpm. No LP 750-4, a 8.400 rpm. No Centenario, chamado LP 770-4, a 8.500 rpm. O limite de giro do carro novo é 8.600 rpm.

Gustavo Henrique Ruffo

I have been an automotive journalist since 1998 and have worked for many important Brazilian newspapers and magazines, such as the local edition of Car and Driver and Quatro Rodas, Brazilian's biggest car magazine. I have also worked for foreign websites, such as World Car Fans and won a few journalism prizes, among them three SAE Journalism Awards and the 2017 IAM RoadSmart Safety Award. I am the author of "The Traffic Cholesterol", a book about bad drivers that you can buy at Hotmart, Google Play, Amazon and Kobo.