Dojo Pioneer foi o primeiro clone chinês do Ford Ka

Os designers brasileiros do Ford Ka devem saber que a imitação é a melhor forma de elogio. Assim sendo, o primeiro elogio vindo da China é elétrico, baseado no Changan Benben Mini, que quase foi vendido no Brasil como Changan Mini Benni, e se chama Dojo Pioneer. Flagrado pelo pessoal do CarNewsChina, ele tem grade dianteira de Aston Martin Cignet, mas, considerando que a Ford já foi dona da Aston Martin, dá para dizer que há um certo parentesco. Veja abaixo a dianteira por inteiro do Ka pirata.

dojo-pioneer-2

 

Clicando na imagem principal, você verá um gif que sobrepõe as imagens do Pioneer e do Ka+, a única imagem chapada de frente do carro que encontrei em arquivos de divulgação. É essa aí abaixo.

Ford-KA+

Engraçado é que a marca não faz a menor questão de disfarçar sua vocação de corsária. Espia o logo dos caras em close. Fold, né?

dojo-pioneer-4

O Dojo Pioneer é um elétrico de fundo de quintal, segundo o site chinês. Por conta de estímulos governamentais, algumas empresas fabricam carros elétricos, pedem falência e fabricam mais alguns um quarteirão para cima. Prova de que o negócio é molambo são as baterias usadas por estes carrinhos, do tipo chumbo-ácido. O Pioneer, por exemplo, tem autonomia de 120 km e consegue a proeza de ir de 0 a 30 km/h em 9,6 s, com máxima de 44 km/h com seu poderoso motor de 10 kW (13,4 cv). Se você pensar bem, são 10 s para quase dar VDO! E isso porque o carrinho pesa 850 kg, mede 3,52 m de comprimento, 1,57 m de largura, 1,49 m de altura e tem um entre-eixos de 2,34 m.

A semelhança com o Ka termina assim que se começa a dar uma volta na catranha.

dojo-pioneer-3

A lateral claramente não tem nada a ver com o do modelo da Ford, pelos motivos que já explicamos.

dojo-pioneer-5

Só a dianteira recebeu o dom criativo da Dojo. Mas olha esse stance, que beleza! Bom, a traseira também deu margem a intervenções…

dojo-pioneer-6

É ou não é a maior lanterna DO MUNDO? Coisa de marca coreana, sabemos, mas estes chineses também devem gostar de copiar slogan.

Cá entre nós, o pessoal da Ford vai encarar esse “elogio” como um xingamento. Sorte deles que a Dojo já fechou. Deve virar Nojo e produzir o Original em breve. Com faróis de Cygnet e grade de Ka, pra dar uma mudadinha!

Fonte: CarNewsChina

Gustavo Henrique Ruffo

Sou jornalista automotivo desde 1998 e trabalhei para alguns dos meios, especializados ou não, mais importantes do Brasil, como Folha de S.Paulo, Jornal do Carro, a finada Oficina Mecânica, Gazeta Mercantil, WebMotors, FlatOut, Car and Driver e Quatro Rodas. Também escrevi para meios estrangeiros, como o site World Car Fans, e ganhei alguns prêmios de jornalismo, da SAE, da AEA e o IAM RoadSmart Safety Award 2017, pelo The Guild of Motoring Writers. Também sou autor do livro "O Colesterol do Trânsito", sobre maus motoristas, que pode ser comprado como ebook no Hotmart, na Amazon e como cópia física no Clube de Autores.