DS revela o E-Tense, seu cupê elétrico de 300 kW

A DS apresentou hoje seu futuro cupê elétrico, o E-Tense, sua principal atração para o Salão de Genebra. O conceito vem como uma declaração de que a nova marca pode perfeitamente se manter sobre seus próprios pés, sem a ajuda de sua antiga marca-mãe, a Citroën. E podemos dizer que ela fica bem sozinha, se o E-Tense puder ser considerado como um exemplo.

O E-Tense está equipado com baterias de íons de lítio de 53 kWh, um motor elétrico Siemens de 300 kW, ou 408 cv (não este aqui), e 517 Nm.

DS-E-tenso-6

DS-E-tenso-7 DS-E-tenso-8 DS-E-tenso-9 DS-E-tenso-11

Ele é um dois-lugares de 4,72 m de comprimento e 1,29 m de altura com uma autonomia de 310 km. Se você só dirigi-lo na cidade, a autonomia cresce para 360 km.

DS-E-tenso-4

DS-E-tenso-5 DS-E-tenso-3 DS-E-tenso-1 DS-E-tenso-2

De acordo com a DS, foram gastas 800 horas para desenvolver o interior do E-Tense. A companhia trabalhou com marcas de luxo a fim de ter um sistema de som com 9 alto-falantes, da Focal, um relógio de console que pode ser retirado do automóvel e colocado no pulso, da BRM Chronographes, e uma armação de capacete, da Moynat. Não dá para entender porque alguém que dirija o E-Tense iria usar uma armação de capacete, mas pode ter a ver com o fato de que o carro é inspirado no carro de Formula E da DS.

Gustavo Henrique Ruffo

Sou jornalista automotivo desde 1998 e trabalhei para alguns dos meios, especializados ou não, mais importantes do Brasil, como Folha de S.Paulo, Jornal do Carro, a finada Oficina Mecânica, Gazeta Mercantil, WebMotors, FlatOut, Car and Driver e Quatro Rodas. Também escrevi para meios estrangeiros, como o site World Car Fans, e ganhei alguns prêmios de jornalismo, da SAE, da AEA e o IAM RoadSmart Safety Award 2017, pelo The Guild of Motoring Writers. Também sou autor do livro "O Colesterol do Trânsito", sobre maus motoristas, que pode ser comprado como ebook no Hotmart, na Amazon e como cópia física no Clube de Autores.

Secured By miniOrange