VAZOU! – Fiat Tipo Hatchback aparece em desenhos de patente

Depois de publicarmos um vídeo do Fiat Tipo HB enquanto estava em testes, e sob pesada camuflagem, só esperávamos vê-lo descoberto em fotos e em sua apresentação oficial, mas a versão hatchback do Fiat Tipo resolveu aparecer em desenhos de patentes publicados pelo ICS Photography. E uma das principais dúvidas sobre ele, as lanternas, foi sanada: elas são muito diferentes das apresentadas pelo sedã. Em vez da aparência de colchetes, elas parecem mais ser letras L viradas em 90º.

O Tipo hatchback, ou HB, provavelmente terá em torno de 4,20 m de comprimento, compartilhando suas outras medidas principais com o sedã: 1,48 m de altura e 1,78 m de largura, com uma distância entre-eixos de 2,64 m. Enquanto o sedã é capaz de transportar 510 l em seu porta-malas, o hatchback deve ser capaz de transportar 350 l, talvez um pouco menos do que isso. Pessoas com filhos muito provavelmente vão preferir a versão SW, que já foi flagrada até no Brasil.

A versão hatchback muito provavelmente seguirá as versões oferecidas pelo sedã (Easy, Urban e Lounge), com a de entrada equipada com motor a gasolina 1.4 Fire ou com um motor diesel MultiJet 1.3, ambos capazes de gerar 71 kW (95 cv). Este ultimo será oferecido tanto em configurações Euro 5 quanto Euro 6. O 1.6 MultiJet, por outro lado, estará somente disponível nas especificações Euro 6, tanto com uma transmissão manual quanto com uma automatizada de dupla embreagem, ambas de 6 marchas. O MultiJet mais forte produz 89 kW (120 cv). O maior motor a gasolina será o 1.6 e.TorQ, produzindo 82 kW (117 cv) e oferecido exclusivamente com uma transmissão automática de 6 marchas, mas até agora ele não está à venda. O 1.6 MultiJet é oferecido na versão Urban e é o único disponível para a Lounge, na Turquia, onde o carro é chamado de Aegea, mesmo nome do conceito que lhe deu origem.

Fonte: ICS Photography

Gustavo Henrique Ruffo

Sou jornalista automotivo desde 1998 e trabalhei para alguns dos meios, especializados ou não, mais importantes do Brasil, como Folha de S.Paulo, Jornal do Carro, a finada Oficina Mecânica, Gazeta Mercantil, WebMotors, FlatOut, Car and Driver e Quatro Rodas. Também escrevi para meios estrangeiros, como o site World Car Fans, e ganhei alguns prêmios de jornalismo, da SAE, da AEA e o IAM RoadSmart Safety Award 2017, pelo The Guild of Motoring Writers. Também sou autor do livro "O Colesterol do Trânsito", sobre maus motoristas, que pode ser comprado como ebook no Hotmart, na Amazon e como cópia física no Clube de Autores.

Secured By miniOrange