Honda está considerando um NSX Type-R de tração traseira, diz a Autocar

Em sua avaliação do novo “Acura” NSX, a revista americana Car and Driver declarou que o carro era incrível, mas de alguma forma adormecido. Não é algo que você esperaria da segunda geração do NSX. E a Honda está ciente disso, de acordo com a revista britânica Autocar. Tanto é assim que estaria considerando um NSX Type-R, que iria limar seus motores elétricos dianteiros e um monte de peso a fim de oferecer uma experiência de condução mais afiada.

As informações vieram de Nick Robinson, líder de desenvolvimento dinâmico no projeto NSX. Ele declarou na apresentação europeia do Honda NSX que, embora ainda não seja oficial, os engenheiros da Honda estão doidos para desenvolver este carro. Também, pudera!

Parte da redução de peso viria não só de eliminar os dianteiros motores elétricos fora do carro, mas as baterias do sistema híbrido. O carro deverá preservar os motores elétricos traseiros, que também atuam como alternadores e motores de arranque, assim como o volante de inércia. O sistema híbrido sozinho adiciona 150 kg ao peso em ordem de marcha de 1.725 kg do carro. Robinson diz mais que leveza pode ser adicionada por meio da utilização de materiais leves, algo perfeitamente viável em uma edição limitada do NSX, como a Type-R seria.

Se isso parece difícil de imaginar, é bom saber que um NSX de tração traseira já aparecerá este ano como carro de corrida no Pikes Peak International Hill Climb. Será um dos carros da equipe Honda na competição, conduzido por James Robinson, irmão de Nick. Ele contará com compressores elétricos para oferecer mais torque em baixas rotações e será consideravelmente mais forte do que o V6 3.5 de 373 kW (507 cv) que é usado na versão de série do carro. Essa experiência certamente pode ser usada para criar um NSX Type-R. Esperamos que seja.

O NSX tem 4,47 m de comprimento, 1,94 m de largura, 1,22 m de altura e uma distância entre eixos de 2,63 m. Contando seu sistema híbrido, ele atinge uma potência máxima de 427 kW (581 cv) e um torque total de 645 Nm. Honda, deixe o NSX Type-R se tornar realidade!

Gustavo Henrique Ruffo

Sou jornalista automotivo desde 1998 e trabalhei para alguns dos meios, especializados ou não, mais importantes do Brasil, como Folha de S.Paulo, Jornal do Carro, a finada Oficina Mecânica, Gazeta Mercantil, WebMotors, FlatOut, Car and Driver e Quatro Rodas. Também escrevi para meios estrangeiros, como o site World Car Fans, e ganhei alguns prêmios de jornalismo, da SAE, da AEA e o IAM RoadSmart Safety Award 2017, pelo The Guild of Motoring Writers. Também sou autor do livro "O Colesterol do Trânsito", sobre maus motoristas, que pode ser comprado como ebook no Hotmart, na Amazon e como cópia física no Clube de Autores.