FLAGRA! – RAM Rampage é vista em testes nos EUA camuflada de Fiat Toro

Já informamos que a RAM terá em breve uma nova picape média nos EUA. Ela será chamada RAM Rampage e será feita sobre a mesma plataforma que é usada pelo Jeep Renegade, chamada SUSW. Mas agora o pessoal do site PickupTrucks.com publicou fotos de unidades da Fiat Toro camufladas em testes em Auburn Hills. Acreditamos que elas são mulas da nova Rampage. Veja o artigo e as fotos, se puder. Você verá que os fotógrafos espiões pensam como o MotorChase e veem a futura picape como um concorrente para a Honda Ridgeline e a futura Hyundai Santa Cruz.

A Car and Driver americana já criou uma projeção sobre a nova picape, mas há outra, criada por Jonathan Machado, do site CarWP, que também mostra como esta nova picape média poderia ser. É a imagem principal deste artigo. A nova RAM poderia ser fabricada em Toluca, México, o mesmo lugar onde o novo Compass também será feito. E isso faz todo o sentido, já que o projeto 226, como a picape era chamada quando ainda estava em desenvolvimento, usa a mesma plataforma do futuro Jeep.

No Brasil, a Toro usa um motor e.TorQ que rende 104 kW (139 cv) a 5.750 rpm e 189 Nm a 3.750 rpm e um 2.0 MultiJet turbodiesel, que produz 125 kW (170 cv) a 3.750 rpm e 350 Nm a 1.750 rpm. Ela vem com uma transmissão manual de 6 marchas, e tração dianteira ou integral, ou automática de 9 marchas, exclusiva da versão Vulcano, com tração nas quatro rodas. A Toro tem 4,92 m de comprimento, 1,84 m de largura e um entre-eixos de 2,99 m. Tem pesos e alturas variáveis. A Freedom 4×2 1.8 flex tem 1,68 m de altura e pesa 1.619 kg, com pneus 215/65 R15. A Freedom diesel 4×2 tem 1,69 m de altura e pesa 1.779 kg, enquanto a 4×4 tem a mesma altura, mas é mais gorducha, com 1.788 kg. Ambas as versões Freedom usam pneus 225/70 R16. A Volcano tem 1,74 m de altura e pesa impressionantes 1.871 kg. Seus pneus são 225/65 R17.

Nos EUA, a picape deve ter o motor 2.4 TigerShark e o 2.0 MultiJet também. O motor 1.8 é fraco demais para os gostos de qualquer condutor, em qualquer lugar, mas ele faz a Toro mais competitiva no Brasil devido a regras de tributação. E o cliente brasileiro é muito sensível ao preço dos carros: 97% de todos os veículos vendidos neste mercado tem motores menores do que 2 litros.

Gustavo Henrique Ruffo

Sou jornalista automotivo desde 1998 e trabalhei para alguns dos meios, especializados ou não, mais importantes do Brasil, como Folha de S.Paulo, Jornal do Carro, a finada Oficina Mecânica, Gazeta Mercantil, WebMotors, FlatOut, Car and Driver e Quatro Rodas. Também escrevi para meios estrangeiros, como o site World Car Fans, e ganhei alguns prêmios de jornalismo, da SAE, da AEA e o IAM RoadSmart Safety Award 2017, pelo The Guild of Motoring Writers. Também sou autor do livro "O Colesterol do Trânsito", sobre maus motoristas, que pode ser comprado como ebook no Hotmart, na Amazon e como cópia física no Clube de Autores.

Secured By miniOrange