Toyota revela uma GT86 Shooting Brake na Austrália

Enquanto a Toyota GT86, ou simplesmente 86, é uma realidade em muitos mercados e até mesmo um carro esportivo acessível em alguns deles, ele não é vendido em muitos outros, como o Brasil. É com inveja que estes mercados viram o desvendar da 86 Shooting Brake Concept na Austrália. Ela foi desenvolvida pela Toyota Austrália, ainda que sua produção tenha ficado com o time japonês da fabricante. E ele construiu o novo carro à mão.

Toyota-GT86-Shooting-Brake-Concept-2

Toyota-GT86-Shooting-Brake-Concept-4 Toyota-GT86-Shooting-Brake-Concept-3

É uma pena que ela seja só um exercício de estilo, apesar de Tetsuya Tada, o engenheiro-chefe global do Toyota 86, não excluir a possibilidade de produzi-la algum dia. Como ele disse, “eles nunca diga nunca”.

Toyota-GT86-Shooting-Brake-Concept-5

O Toyota 86, também chamado Toyobaru, devido ao desenvolvimento em conjunto com a Subaru (que produz o BRZ), tem 4,24 m de comprimento, 1,77 m de largura e 1,42 m de altura de carro. Sua distância entre eixos é de 2,57 m, com um porta-malas de 245 l e um motor 2.0 boxer de 4 cilindros que entrega 147 kW (200 cv) a 7.000 rpm e 205 Nm de 6.400 rpm e 6.600 rpm. Ele usa um câmbio manual de 6 marchas e é um cupê de tração traseira.

Qual deles você teria, o cupê ou a shooting brake? Se for esta última, você deve começar a gritar alto para ter o direito de comprar a shooting brake. Se a Toyota nunca diz nunca, esta é a chance dela de provar isso. E a nossa de mostrar que somos pessoas suficientes dispostas a comprá-lo. Ninguém cria uma nova variação de carroceria se não há mercado para ela. Especialmente uma nova carroceria para um esportivo.

Gustavo Henrique Ruffo

Sou jornalista automotivo desde 1998 e trabalhei para alguns dos meios, especializados ou não, mais importantes do Brasil, como Folha de S.Paulo, Jornal do Carro, a finada Oficina Mecânica, Gazeta Mercantil, WebMotors, FlatOut, Car and Driver e Quatro Rodas. Também escrevi para meios estrangeiros, como o site World Car Fans, e ganhei alguns prêmios de jornalismo, da SAE, da AEA e o IAM RoadSmart Safety Award 2017, pelo The Guild of Motoring Writers. Também sou autor do livro "O Colesterol do Trânsito", sobre maus motoristas, que pode ser comprado como ebook no Hotmart, na Amazon e como cópia física no Clube de Autores.