Tesla Roadster completa 10 anos hoje

Hoje a Tesla é o principal produtor de carros elétricos do mundo, com modelos que têm uma reputação incrível. Mas tudo começou em 19 de julho de 2006, com a apresentação do Roadster, um modelo de carro esportivo de baixo volume que nem era inteiramente produzido pela Tesla, mas sim baseado no Lotus Elise. Nem poderíamos imaginar que ele seria a semente para a empresa (e os carros) que temos hoje.

Tesla_Roadster_5

O Tesla Roadster foi mais uma estratégia de marketing acertada do que o produto certo na hora certa. Ele não foi apresentado como um carro elétrico, mas sim como um carro esportivo desejável que acontecia de ser elétrico. Ele tem 3,95 m de comprimento, 1,87 m de largura, 1,13 m de altura e uma distância entre eixos de 2,35 m. É um 2-lugares, como o nome denuncia, e pesa 1.305 kg.

Tesla_Roadster_3

O Roadster teve 3 trens de força elétricos diferentes para cada uma de suas evoluções. A primeira delas, chamada 1.5, e a 2.0 eram movidos por um motor que entrega 185 kW (252 cv) e 270 Nm. Uma terceira, chamada 2.5, tinha um motor capaz de produzir 215 kW (292 cv) e 370 Nm. A última, chamada 2.5 Sport, tinha a mesma potência, mas um maior torque: 400 Nm.

Tesla_Roadster_4

A Tesla anunciou recentemente uma atualização de bateria chamada 3.0 que estende a autonomia do Roadster, anteriormente em cerca de 390 km, para 550 km. A atualização vai custar US$ 29.000, algo que a Tesla diz que apenas cobre as despesas de produção. Além da bateria, a empresa também remove, atualiza e reinstala o módulo eletrônico de potência (PEM).

Gustavo Henrique Ruffo

Sou jornalista automotivo desde 1998 e trabalhei para alguns dos meios, especializados ou não, mais importantes do Brasil, como Folha de S.Paulo, Jornal do Carro, a finada Oficina Mecânica, Gazeta Mercantil, WebMotors, FlatOut, Car and Driver e Quatro Rodas. Também escrevi para meios estrangeiros, como o site World Car Fans, e ganhei alguns prêmios de jornalismo, da SAE, da AEA e o IAM RoadSmart Safety Award 2017, pelo The Guild of Motoring Writers. Também sou autor do livro "O Colesterol do Trânsito", sobre maus motoristas, que pode ser comprado como ebook no Hotmart, na Amazon e como cópia física no Clube de Autores.