Conheça a 6ª geração do Hyundai Azera (o Grandeur, na Coreia do Sul). Ou pelo menos seu esboço

A 6ª geração do Hyundai Azera, também conhecido como Grandeur, na Coreia do Sul, será apresentada e colocada à venda no próximo mês. Mas a fabricante coreana não quer revelá-lo totalmente, nem esperar mais um mês para revelá-lo. A melhor solução fica no meio termo: um esboço do sedã do segmento D.

O Azera tem sido sempre um sedã de tração dianteira e que deve continuar assim. Ele foi desenvolvido sob o codinome IG, sobre a plataforma Y7, que também sustenta a 7ª geração do Sonata e a 2ª geração do Kia Cadenza.

Com isso em mente, devemos esperar algumas semelhanças entre o Azera e o Cadenza. O sedã do segmento D da Kia tem 4,97 m de comprimento, 1,87 m de largura, 1,47 m de altura e tem uma distância entre eixos de 2,86 m. O peso do novo Cadenza varia de 1.565 kg a 1.670 kg. Suas opções de motor variam de um GDI 2.4 que produz 140 kW a 6.000 rpm e 241 Nm a 4.000 rpm ao V6 3.3 turbinado topo de linha, também com injeção direta. Ele gera 213 kW a 6.400 rpm e 343 Nm a 5.200 rpm. Para os que preferem ainda mais torque (e podem comprar carros de passeio diesel, proibidos no Brasil), há o motor turbodiesel 2.2 e-VGT, que oferece 441 Nm entre 1.750 rpm e 2.750 rpm enquanto entrega 148 kW a 3.800 rpm.

Gustavo Henrique Ruffo

Sou jornalista automotivo desde 1998 e trabalhei para alguns dos meios, especializados ou não, mais importantes do Brasil, como Folha de S.Paulo, Jornal do Carro, a finada Oficina Mecânica, Gazeta Mercantil, WebMotors, FlatOut, Car and Driver e Quatro Rodas. Também escrevi para meios estrangeiros, como o site World Car Fans, e ganhei alguns prêmios de jornalismo, da SAE, da AEA e o IAM RoadSmart Safety Award 2017, pelo The Guild of Motoring Writers. Também sou autor do livro "O Colesterol do Trânsito", sobre maus motoristas, que pode ser comprado como ebook no Hotmart, na Amazon e como cópia física no Clube de Autores.